Quinta, 20 de setembro de 2018 • 11 Tishrei 5779  • י"א תשרי  ה' תשע"ט

This item has pictures for men.

Lashon Group: Especial de Chanuká com Segulot

Print  PDF

Lashon Group: Especial de Chanuká com Segulot

Confira o material sobre Chanuká elaborado pelo Lashon Group (lashongroup@gmail.com)

Especial de Chanuká

Chanucá significa, literalmente, "Inauguração". A festa recebeu este nome em comemoração ao fato histórico de que os macabeus "chanu" (descansaram) das batalhas no "cá" (25º dia) de Kislêv.

Quando os gregos entraram no Santuário, profanaram todos os azeites (usados para acender a Menorá). E quando a Casa dos Hashmonaim prevaleceu e os derrotou, eles procuraram e encontraram apenas uma ânfora de azeite com o selo do Cohen Gadol – e esta jarra tinha azeite suficiente para queimar um dia. Mas ocorreu um milagre e o azeite ardeu durante oito dias.

O Talmud declara que são oito dias de louvor e agradecimento a D-s pelos milagres que fez.
Ele entregou fortes (gregos) em mãos de fracos (yehudim), muitos em mãos de poucos, impuros em mãos de puros e malvados em mãos de Justos.

Cumprimos a obrigação de “louvor” recitando Hallel completo durante Shacharit, as preces matinais em todos os oito dias de Chanucá. A obrigação de “agradecimento” é cumprida recitando-se Al haNissim que é inserido na prece Amidá e no Bircat Hamazon, prece de Graças Após as Refeições quando se ingere pão (hamotsi).


Após falar ‘’hanerot halalu’’ ‘’ma oz tsur’’ ‘’ e ‘’Mizmor shir chanukat habait’’ é uma segulá muito grande falar sete vezes o salmo 91 ‘’ Yoshev beseter elyon’’e antes de recitar cada
um, falar ‘’ Vihyi noam Adonai Elohenu Aleinu, umaasé yadeinu conená aleinu, umaasé yadeinu conenehu’’

As luzes.

Por intermédio do acendimento das velas de Chanuká honramos ao Criador, engrandecendo seu nome no mundo inteiro. Também despertamos os corações dos nossos irmãos afastados para retornar ao caminho Dele.

A luzes das velas trazem paz e amor.

Nas velas esta oculto o ‘’or haganuz’’ a luz que foi criada no primeiro dia da criação do mundo, a traves dela Adam harishon podia enxergar o que acontecia de um lado do mundo ao outro.

Quando ele pecou Hashem a ocultou. Uma parte do or haganuz pus na Torá, outra no sol e a terceira deu para os grandes tsadikim como o Baal Shem Tov, Or hachaim Hakadosh, Ben Ish Chai e demais.

Nós recebemos esta luz oculta durante os 8 dias de Chanuka, por isto as velas tem a força de curar doenças, propiciar fartura e bençãos. Beezrat Hashem, quando o Mashiach chegar, Hashem vai devolver-nos para sempre a luz, o OR HAGANUZ.

Acendimento das velas

☺ É preferivel acender as velas com óleo de oliva e pavio

☺ É um momento sublime e os Sábios falam que tem 36 anjos que recolhem os nossos pedidos e os levam para o Trono Celestial.

☺ Depois de o acendimento é recomendável sentar meia hora perto das velas e fazer tefilá, tehilim, etc

☺ Não fazer nenhum trabalho pesado (bordar, costurar, faxinar)

☺Pedir refuá shelemá, shiduch, sustento, etc

☺ O óleo que sobra durante todos os dias de chanuka, deve-se colocar em um recipiente e guardá-lo, pois este serve como segulá p/ refuá shelemá untando sobre a ferida de um doente.

☺ Colocar o pavio em um recipiente para BH queimá-los, pode ser com o chametz.

☺ Quem pendurou na sucá óleo é bom utiliza-lo na Chanukiá.

☺ Existe também o costume de dar 18 dólares ou seu equivalente na moeda de cada país, para tzedaka, dizendo:
“DOO ESTE DINHEIRO PARA TZEDAKÁ EM HONRA DA MEMÓRIA DE
RABI MEIR BAAL HA’NES. QUE SEUS MÉRITOS NOS PROTEJAM SEMPRE, AMEN”

☺ Precisa-se abster de fazer fofoca ou discutir na frente das velas.


Zot Chanuká

É NO OITAVO DIA DE CHANUKÁ
É o dia mais elevado da festa. Neste dia foi inaugurado o mishcan, o santuário, por isto se lê na Torá o trecho zot Chanukat Hamizbeach.

Está escrito no libro de Yeshayahu ``yechupar bezot avon Yaacov´´.
Os Sábios interpretam deste versículo que no Oitavo dia de Chanuká, são perdoados os pecados de am Israel. Eles ressaltam que é uma continuação de Yom Kipur e quem não fez teshuvá, não retornou ainda, pode faze-lo neste dia.

O Maharal de Praga afirma que pela Kabalá o número oito está por cima da natureza e lembra o dia do brit milá, portanto, é um dia ideal pedir por filhos.

Desejos especiais.

Que sempre possamos espalhar boas notícias e que sejamos merecedores de presenciar grandes milagres e a vinda do Mashiach tsidkeinu, bimherá beyameinu, amen.

click image to enlarge

Comentários

Para comentar, você deve estar registrado em Login

Não há comentários aprovados até o momento

Avaliação

  Be the first to rate!

Recomende a um amigo
Bookmark and Share